404 Erro - página não encontrada
Desculpe-nos, mas a página que você está procurando não existe.
Você pode ir para página inicial

NOSSAS ÚLTIMAS POSTAGENS

16 dos 25 condenados terão que iniciar cumprimento das penas

Os ministros do  Supremo Tribunal Federal (STF)  decidiram nesta quarta-feira (13) pela execução imediata da pena imposta a vários condenados no processo do mensalão, entre eles o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu; o ex-presidente do PT e deputado licenciado José Genoino; o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o operador do mensalão, Marcos Valério.

dirceumensalaoApós muita discussão e dúvidas entre os próprios ministros, o Supremo entendeu que os réus terão de iniciar o cumprimento da pena pelos crimes dos quais não recorreram por meio dos embargos infringentes (recursos ao qual têm direito réus que obtiveram pelo menos quatro votos favoráveis nas condenações). Os infringentes só serão julgados no ano que vem.

A decisão foi tomada após proposta do relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, que sugeriu que 22 dos 25 condenados, mesmo aqueles que ainda têm recursos pendentes de julgamento, passassem a cumprir as penas de prisão ou prestação de serviços. Outros quatro ministros concordaram com a tese de Barbosa, mas outros seis consideraram que não pode ser executada a pena referente a crime cujo recurso ainda não foi julgado.

Pelo menos 16 condenados terão de cumprir a pena de imediato: os sete que não entraram com embargos infringentes em nenhum dos crimes pelos quais foram condenados, além dos que usaram os infringentes para questionar somente parte das penas.

O Supremo terá agora de contabilizar quais foram os réus que deixaram de questionar punições por meio dos infringentes.

Assim, se um réu recebeu menos de quatro votos favoráveis e mesmo assim resolveu apresentar embargos infringentes, ele não poderá ser preso pelo crime que questionou no recurso. Isso porque o Supremo entendeu que quem tem recurso pendente de julgamento em determinado crime não pode começar a cumprir a pena.

Se um réu deixou de questionar alguma das condenações, terá de iniciar o cumprimento da pena por aquele crime.

Ao final do julgamento, o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que somente “cerca de três ou quatro” dos 25 condenados não iniciarão de imediato o cumprimento da pena.

Perguntado se o ex-ministro José Dirceu teria de começar a cumprir a pena desde já – uma vez que questionou por meio de embargos infringentes somente a condenação por formação de quadrilha e não a condenação por corrupção ativa – o ministro respondeu: “Certamente sim”.

Barroso explicou ainda que a decisão sobre a expedição dos mandados de prisão ficará a cargo do relator do processo, ministro Joaquim Barbosa. A assessoria de imprensa do Supremo informou que nesta quinta-feira será feita uma verificação de quantos condenados terão de iniciar o cumprimento das penas imediatamente e quantos aguardarão em liberdade o julgamento dos embargos infringentes. Só depois disso serão expedidos mandados de prisão.

Eduardo Euzébio, de 18 anos, treinava em Morretes

O ciclista paranaense Eduardo Euzébio, de 18 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (13) em um acidente na BR-277, no litoral do Paraná. Ele havia sido convocado recentemente para treinos com a seleção brasileira de ciclismo e era registrado pela Federação de Santa Catarina, mas costumava treinar no Paraná. Euzébio pedalava pelo km 49 da rodovia, em Morretes, quando foi atingido ao entrar em um retorno, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

ciclistamortoAinda segundo a PRF, Euzébio pedalava no sentido Paranaguá quando teve a roda da frente da bicicleta atingida por um carro. Ele chegou a ser socorrido por um médico que passava pelo local e pela ambulância da concessionária que administra a rodovia, e foi encaminhado ao Hospital Cajuru, em Curitiba, mas não resistiu aos múltiplos ferimentos.

O motorista do carro que o atingiu disse à PRF que estava ultrapassando um caminhão quando o acidente ocorreu, e por isso imagina que o ciclista não tenha visto o veículo.

De acordo com a Confederação Brasileira de Ciclismo, Euzébio era um dos atletas mais promissores da categoria dele, e já vinha sendo convocado para a seleção. No campeonato Brasileiro Júnior de Ciclismo de Pista 2013, ele conquistou duas medalhas de ouro.

O velório do ciclista ocorre nesta quarta-feira, na Capela Central de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O corpo segue na sequência para cremação em Campina Grande do Sul.

Times da Major League estão à caça do astro brasileiro

Já fora do Atlético-MG, Ronaldinho tem destino incerto no segundo semestre. De acordo com a imprensa internacional, o destino do meia pode ser o Orlando City, equipe que disputará a Major League Soccer nos Estados Unidos a partir de 2015. A equipe, que já contratou Kaká (emprestado ao São Paulo), também estaria interessada em Robinho.

Segundo o jornalista Arch Bell, editor do site ESPN.com e correspondente do jornal espanhol Marca nos EUA, a notícia do “divórcio” entre Ronaldinho e Atlético-MG caiu como uma bomba entre várias equipes da MLS, que começaram a calcular a possibilidade da contratação. As duas principais seriam Orlando City e New York Red Bulls.

Com um dono brasileiro, segundo o Marca, o Orlando City “estaria encantando (com a possibilidade) de contar com uma figura como Ronaldinho em sua equipe” ao lado de Kaká. O proprietário em questão é o empresário Flavio Augusto da Silva.

No entanto, o texto de Arch Bell no jornal espanhol diz que a ida ao time de Nova York “pode ser mais lógica”. “Os Red Bulls têm apenas dois jogadores franquia, Thierry Henry e Tim Cahill, e a equipe necessita um atacante como Ronaldinho”, diz. Jogador franquia são atletas especialmente designados nas equipes, apontados como principais astros. Cada equipe pode ter no máximo três.

O site Goal.com, por sua vez, afirma que enviados da franquia de Nova York se reuniram com os representantes de Ronaldinho durante a Copa do Mundo. Assim, com a esperada aposentadoria de de Thierry Henry, “a presença de um jogador como Ronaldinho na equipe garantiria que a equipe seguisse atraindo o interesse do público nova-iorquino”.

Equipes como Los Angeles Galaxy, Seattle Sounders, Toronto FC e New York City FC também foram cotadas. No entanto, a equipe da Califórnia perdeu o interesse demonstrado no brasileiro em 2011, enquanto as três últimas deverão ter três jogadores franquia em 2015.

Não está descartado, porém, um retorno de Ronaldinho à Europa. Segundo o jornal esportivo espanhol Mundo Deportivo, o Besiktas (Turquia) mantém o interesse demonstrado em outras ocasiões. Já os italianos da Gazzetta dello Sport colocam o Queens Park Rangers como possível destino. Times como Boca Juniors (Argentina) e Fluminense também foram ventilados.

Cláusula de rescisão do jogador é de R$ 90 milhões

O zagueiro Miranda pode ser o terceiro jogador do Atlético de Madrid a se transferir para o Chelsea na nova temporada. De acordo com o jornal “Marca”, os Blues se voltaram para o brasileiro e fizeram uma proposta de € 25 milhões (cerca de R$ 75 milhões) ao clube espanhol para contar com o jogador.

Antes de Miranda, Diego Costa e Filipe Luís já haviam deixado o Atlético para defender o Chelsea – sem contar o goleiro Courtois, que pertence aos Blues, mas estava emprestado aos colchoneros. Entretanto, em parte para deter este êxodo, o clube espanhol não está disposto a liberar o zagueiro.

A tendência é que o Atlético faça o mesmo que fez com as sondagens de Barcelona e Manchester United: exija o pagamento da cláusula de rescisão de Miranda, estipulada em € 30 milhões (R$ 90 milhões). Além disso, o técnico Diego Simeone procura convencer o zagueiro a permanecer no clube e ser um dos pilares da equipe na temporada.

Como a distância entre o oferecido pelo Chelsea e a cláusula de rescisão é pequena, a tendência é que Miranda decida seu destino. Se quiser partir, não deve será problema para os Blues cobrirem o valor necessário. Entretanto, segundo o “Marca”, o defensor brasileiro ainda não decidiu o que fazer.

Público poderá conhecer melhor a obra de João Turin

O Museu Oscar Niemeyer (MON) realiza neste domingo (03) o Domingo + Arte, dia em que o museu tem entrada gratuita durante todo o seu funcionamento (das 10h às 18 horas), oficina artística e visita mediada. Tanto na mediação como nas oficinas de arte o ingresso é retirado no dia do evento. Recomenda-se chegar com antecedência. O horário estipulado para a retirada de ingressos é até as 17h30, porém pode ser encerrada antecipadamente caso o fluxo de visitantes seja superior ao recomendado*

A partir das 11 horas haverá uma visita mediada pela exposição “João Turin – vida, obra, arte”. Ela será realizada no local da mostra, o Olho, sob condução de Maurício Appel. São 130 bronzes, documentos, desenhos, estudos e cartas do artista paranaense. Além disso, há também uma reconstrução da “Casa Paranista”, símbolo maior do “Paranismo”, movimento artístico onde Turin foi um dos idealizadores, que buscava expressar, na arte e arquitetura em geral, símbolos tipicamente paranaenses.

Em três horários diferentes, às 14h, 15h15 e 16h30, no espaço da Ação Educativa (subsolo do MON) haverá oficina artística com Juliane Fuganti. Com o tema “Cerâmica” a oficina tem vagas limitadas. O projeto, chamado “Artista do Acervo”, propõe que um artista com obras na coleção do museu ofereça aulas de arte nos primeiros domingos do mês.

Às 15h, a produtora O Quadro lança o curta-metragem “Coração Azul”, com roteiro e direção de Wellington Sari, no Auditório Poty Lazzarotto. Já às 17h, no mesmo auditório, o Museu da Imagem e do Som vai promover a Mostra 10 anos da Academia Internacional de Cinema, com uma seleção representativa das mais de duzentas produções filmadas pelos alunos no período de 2004 a 2006. Com uma proposta inovadora, a escola trouxe diversos professores estrangeiros de renome, que ministraram aulas em conjunto com realizadores brasileiros do eixo Rio-SP e do Paraná.

O Setor de Documentação e Referência do Museu também funcionará neste domingo. O espaço conta com um acervo de quase oito mil publicações sobre artes visuais, design, arquitetura e urbanismo. Todo o material do setor está disponível para consulta e os usuários recebem acompanhamento especializado. O horário especial de atendimento neste dia é do meio-dia às 18 horas.

O MON também oferece ao público as exposições “Frida Kahlo – As suas fotografias”, “Histórias do Acervo MON – em aberto”, “João Turin – Vida, obra, arte”, “Tupi or not Tupi”, “As origens do fotojornalismo no Brasil – um olhar sobre O Cruzeiro (1940-1960)”, “Nos intervalos entre as coisas importantes, nos minutos à toa – José Bechara”, “Reflexos- fotografias de Mariana Canet”, “Museu em Construção”, “Cones”, “Espaço Niemeyer” e o “Pátio das Esculturas”. Há ainda a sala em homenagem ao artista Waldemar Freyesleben.

Sheik Umar Khan tratou mais de 100 pacientes

O médico que liderava os esforços de Serra Leoa contra o pior surto de ebola da história morreu nesta terça-feira após ser contaminado pelo vírus, disse a principal autoridade de saúde do país.

A morte de Sheik Umar Khan, que tratou mais de 100 pacientes, ocorre após o falecimento de dezenas de funcionários da saúde e a infecção de dois médicos norte-americanos na vizinha Libéria, destacando os perigos enfrentados pela equipe que tenta conter a propagação da doença na África Ocidental.

Acredita-se que o ebola tenha matado 672 pessoas em Guiné, Libéria e Serra Leoa desde que o surto começou, em fevereiro, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A doença contagiosa, que não tem cura conhecida, tem sintomas que incluem vômitos, diarreia e hemorragia interna e externa.

Khan, de 39 anos, saudado como um “herói nacional” pelo Ministério da Saúde, havia sido transferido para uma enfermaria gerida pela instituição Médicos Sem Fronteiras no extremo norte de Serra Leoa.

Ele morreu na tarde desta terça-feira (29), menos de uma semana depois que o diagnóstico foi anunciado, e no mesmo dia em que o presidente de Serra Leoa, Ernest Bai Koroma, deve visitar o centro de tratamento do médico na cidade de Kailahun, no nordeste.

Famílias de algumas das vítimas denunciaram o caso em Curitiba

A Polícia Civil procura um suspeito de postar fotos de adolescentes nuas em perfis de redes sociais na internet. A investigação partiu da denúncia de sete famílias de meninas que tiveram fotos nuas divulgadas, mas a estimativa é de que mais de 100 garotas tenham sido vítimas do crime virtual, de acordo com o Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber), que fica em Curitiba.

Segundo o delegado Demetrius Oliveira, as fotos eram postadas em diversos perfis de redes sociais – quando um perfil era denunciado e retirado do ar, o suspeito criava outra página para continuar postando as fotos das adolescentes. Para o delegado, o suspeito é alguém com experiência neste tipo de crime. “Ele está adotando uma postura bem cômoda, ele está muito tranquilo”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, é preciso que os pais conversem com os adolescentes. “Isso tudo é um problema de conscientização. Se os pais efetivamente, antes de entregarem tecnologias nas mãos dos filhos, os conscientizaram sobre o risco que isso representa, evidentemente nós podemos diminuir os problemas”, disse Oliveira.

Versão do projeto tem 37 ações para serem implantadas

O Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS) de Curitiba foi aprovado pelo Ministério do Turismo (Mtur). Com isso, a cidade está inserida no Prodetur – Programas Regionais de Desenvolvimento do Turismo – e está apta a receber recursos para desenvolvimento de projetos nas áreas de turismo, cultura e meio-ambiente.

O PDITS de Curitiba é o instrumento técnico de planejamento e gestão da política pública municipal e tem como objetivo orientar o crescimento do setor em bases sustentáveis, em curto, médio e longo prazo, estabelecendo a definição de ações, as prioridades, e a tomada de decisão.

A versão final aprovada do plano tem 37 ações para serem implantadas com o objetivo de impulsionar o turismo no município. De acordo com a PDITS, são cinco os vértices principais de atuação: cidade de negócios e eventos, cidade dos parques, cidade da cultura, cidade dos eventos culturais e cidade inovadora. Para todos eles há ações planejadas, como por exemplo o novo Centro de Convenções e Eventos de Curitiba, a nova classificação de museus e revitalização de parques e ainda a reformulação de feiras livres da cidade, como a tradicional Feira do Largo da Ordem.

De acordo com o presidente do Instituto Municipal de Turismo (CTur), Paulo Colnaghi, com a inclusão da cidade do Prodetur, Curitiba ganha mais uma alternativa para obtenção de linhas de crédito para o desenvolvimento do turismo local, geração de empregos e divisas. “O PDITS será uma importante ferramenta que norteará o planejamento do Ctur. Ele terá papel importante na captação de recurso, pois teve aprovação criteriosa do Ministério do Turismo”, destaca Colnaghi.