Home Notícias Curitiba

Levantamento mostra que águas dos Rios de Curitiba estão poluídas

Relatório mostra que 77% das águas estão ruins ou péssimas

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente divulgou nesta terça-feira (24), data em que é comemorado o Dia do Rio, o diagnóstico preliminar das principais sub–bacias de Curitiba. Entre 2014 e 2015, 96 das 120 sub-bacias da cidade foram monitoradas e passaram por avaliações que geraram Índice de Qualidade da Agua (IQA) agora apresentado através de um mapa.

Das 96 sub-bacias acompanhadas a maioria (62,5%) foi classificada com IQA ruim, 14 (14,5%) com IQA péssimo, 21 (21,8%) com IQA razoável e apenas um com IQA bom e nenhum com IQA Ótimo, condição não apresentada em áreas urbanas (veja tabela completa).

Durante a divulgação, o prefeito de Gustavo Fruet disse que são coincidentes os locais com péssima qualidade de água com os que mais apresentam problemas com alagamentos.

“A cidade de Curitiba dá uma demonstração de clareza, transparência e de não ter receio de divulgar essas informações. São problemas de drenagem de mais de 50 anos, somados aos problemas relacionados ao descarte irregular de lixo. Este mapeamento é uma importante medida de alerta e conscientização”, disse Fruet.

A Prefeitura está instalando totens de identificação nos rios e córregos da cidade. Os painéis apresentarão informações como nome, extensão total, extensão dentro de Curitiba, local da nascente profundidade, imagem da bacia a que pertence e o IQA.  Hoje foram implantados totens nos rios Bacacheri- Parque Bacacheri, Rio Barigui – Parque Barigui, Rio Belém na Rua Brasilio Itibere e Rio Barigui – Rua Fredolim Wolf. Até o início do mês de dezembro serão implantados totens no Rio Belém – Parque São Lourenço, Rio Barigui-Parque Mané Guarrincha, Rio Barigui-Parque Guairacá, Ribeirão dos Padilhas-Rua Izaac Ferreira da Cruz, Rio Belém-Avenida Salgado Filho e Rio Belém-Avenida Cândido de Abreu.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta