404 Erro - página não encontrada
Desculpe-nos, mas a página que você está procurando não existe.
Você pode ir para página inicial

NOSSAS ÚLTIMAS POSTAGENS

16 dos 25 condenados terão que iniciar cumprimento das penas

Os ministros do  Supremo Tribunal Federal (STF)  decidiram nesta quarta-feira (13) pela execução imediata da pena imposta a vários condenados no processo do mensalão, entre eles o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu; o ex-presidente do PT e deputado licenciado José Genoino; o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o operador do mensalão, Marcos Valério.

dirceumensalaoApós muita discussão e dúvidas entre os próprios ministros, o Supremo entendeu que os réus terão de iniciar o cumprimento da pena pelos crimes dos quais não recorreram por meio dos embargos infringentes (recursos ao qual têm direito réus que obtiveram pelo menos quatro votos favoráveis nas condenações). Os infringentes só serão julgados no ano que vem.

A decisão foi tomada após proposta do relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, que sugeriu que 22 dos 25 condenados, mesmo aqueles que ainda têm recursos pendentes de julgamento, passassem a cumprir as penas de prisão ou prestação de serviços. Outros quatro ministros concordaram com a tese de Barbosa, mas outros seis consideraram que não pode ser executada a pena referente a crime cujo recurso ainda não foi julgado.

Pelo menos 16 condenados terão de cumprir a pena de imediato: os sete que não entraram com embargos infringentes em nenhum dos crimes pelos quais foram condenados, além dos que usaram os infringentes para questionar somente parte das penas.

O Supremo terá agora de contabilizar quais foram os réus que deixaram de questionar punições por meio dos infringentes.

Assim, se um réu recebeu menos de quatro votos favoráveis e mesmo assim resolveu apresentar embargos infringentes, ele não poderá ser preso pelo crime que questionou no recurso. Isso porque o Supremo entendeu que quem tem recurso pendente de julgamento em determinado crime não pode começar a cumprir a pena.

Se um réu deixou de questionar alguma das condenações, terá de iniciar o cumprimento da pena por aquele crime.

Ao final do julgamento, o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que somente “cerca de três ou quatro” dos 25 condenados não iniciarão de imediato o cumprimento da pena.

Perguntado se o ex-ministro José Dirceu teria de começar a cumprir a pena desde já – uma vez que questionou por meio de embargos infringentes somente a condenação por formação de quadrilha e não a condenação por corrupção ativa – o ministro respondeu: “Certamente sim”.

Barroso explicou ainda que a decisão sobre a expedição dos mandados de prisão ficará a cargo do relator do processo, ministro Joaquim Barbosa. A assessoria de imprensa do Supremo informou que nesta quinta-feira será feita uma verificação de quantos condenados terão de iniciar o cumprimento das penas imediatamente e quantos aguardarão em liberdade o julgamento dos embargos infringentes. Só depois disso serão expedidos mandados de prisão.

Eduardo Euzébio, de 18 anos, treinava em Morretes

O ciclista paranaense Eduardo Euzébio, de 18 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (13) em um acidente na BR-277, no litoral do Paraná. Ele havia sido convocado recentemente para treinos com a seleção brasileira de ciclismo e era registrado pela Federação de Santa Catarina, mas costumava treinar no Paraná. Euzébio pedalava pelo km 49 da rodovia, em Morretes, quando foi atingido ao entrar em um retorno, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

ciclistamortoAinda segundo a PRF, Euzébio pedalava no sentido Paranaguá quando teve a roda da frente da bicicleta atingida por um carro. Ele chegou a ser socorrido por um médico que passava pelo local e pela ambulância da concessionária que administra a rodovia, e foi encaminhado ao Hospital Cajuru, em Curitiba, mas não resistiu aos múltiplos ferimentos.

O motorista do carro que o atingiu disse à PRF que estava ultrapassando um caminhão quando o acidente ocorreu, e por isso imagina que o ciclista não tenha visto o veículo.

De acordo com a Confederação Brasileira de Ciclismo, Euzébio era um dos atletas mais promissores da categoria dele, e já vinha sendo convocado para a seleção. No campeonato Brasileiro Júnior de Ciclismo de Pista 2013, ele conquistou duas medalhas de ouro.

O velório do ciclista ocorre nesta quarta-feira, na Capela Central de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O corpo segue na sequência para cremação em Campina Grande do Sul.

Aplicativo permite compra de créditos pelo celular ou tablet

A Prefeitura de Curitiba iniciou nesta quinta-feira (24) um projeto-piloto para uso de novas tecnologias no Estacionamento Regulamentado (EstaR). O primeiro teste será realizado na região do Centro Cívico, com uma tecnologia de cartão eletrônico que permite comprar créditos para o estacionamento rotativo por telefone celular ou tablet. O aplicativo pode ser utilizado para estacionamento em 288 vagas de EstaR, distribuídas em sete ruas da região.

A tecnologia foi desenvolvida pela Pango Mobile Parking, empresa israelense que desenvolve soluções na área de mobilidade urbana. O uso do aplicativo é opcional. O cartão de papel do EstaR, adquirido nas agências lotéricas da Caixa Econômica Federal, também poderá ser utilizado normalmente no Centro Cívico.

O aplicativo da Pango é utilizado em mais de 40 cidades de cinco países e, no Brasil, está sendo testado pela primeira na capital paranaense. “A tecnologia do cartão eletrônico segue uma tendência mundial de utilização de tecnologias mobile em várias áreas de trabalho. Estamos introduzindo esta tecnologia no Brasil a partir de Curitiba, que quer voltar a ser referência em inovação”, afirma o diretor geral da Pango no Brasil, Daniel Cândido.

Em outubro de 2013, a Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) publicou portarias convocando empresas a apresentarem novas tecnologias para o trânsito em Curitiba. Uma comissão formada por representantes da Setran e das universidades Federal do Paraná e Positivo avaliou as propostas recebidas. A da Pango é a primeira de uma série de oito selecionadas, e que deverão ser testadas até o final deste ano na cidade.

O papel da empresa chegou a US$ 76,33 na Nasdaq

As ações do Facebook dispararam nesta quinta-feira, seguindo o bom resultado financeiro anunciado na véspera. O papel da empresa chegou a subir mais de 6%, cotado a US$ 76,33 na Nasdaq, mostrando-se um bom investimento para quem comprou na abertura de capital em maio de 2012, quando as ações começaram a circular na bolsa por US$ 38. Às 10h28, adquirir uma participação mínima na companhia de Mark Zuckerberg custava US$ 75, com alta de 5,6%.

O Facebook elevou sua receita em 61% no segundo trimestre, superando as estimativas de Wall Street e se beneficiando de forte demanda por seus negócios de publicidade móvel. A receita de publicidade móvel representou 62% de sua receita publicitária no período, ante 41% no mesmo período do ano anterior e 59% no primeiro trimestre de 2014.

A receita total foi de US$ 2,91 bilhões nos três meses encerrados em 30 de junho, contra US$ 1,81 bilhão  em igual etapa do ano anterior. A maior rede social do mundo disse que agora contava com 1,32 bilhão de usuários mensais.

O lucro mais que dobrou para US$ 791 milhões, ou US$ 0,30 por ação, ante US$ 333 milhões de dólares, ou US$ 0,13 por ação, no segundo trimestre de 2013. Excluindo certos itens, o Facebook disse que lucrou US$ 0,42 por ação no segundo trimestre, superando as expectativas de US$ 0,32 por ação. Com os papéis cotados a U$ 76, o Facebook tem valor de mercado (preço para comprar todas as ações em circulação) de US$ 193 bilhões.

Imprensa argentina especula ida do R10 ara o Boca Juniors

Após a felicidade pelo título da Recopa Sul-americana, o torcedor do Atlético-MG pode ser surpreendido pela saída de seu camisa 10. Por meio do Twitter, Ronaldinho publicou em tom de despedida do clube e exaltou “parceria” no clube mineiro.

A saída de Ronaldinho é especulada desde o início do ano, quando falou-se do interesse do Besiktas, da Turquia, pelo jogador. Os rumores voltaram com o suposto descontentamento do atleta, que passa por mal momento e vem sendo sacado do time pelo técnico Levir Culpi.

O treinador, aliás, teve de marcar encontro com Assis, empresário e irmão do jogador, para explicar a situação.

Segundo o jornal La Nación, da Argentina, um dos interessados em Ronaldinho é o gigante Boca Juniors, que procura outro craque para o lugar de Riquelme, novo jogador do Argentinos Juniors.

Conflitos na Ucrânia poderia causar insegurança para times e torcedores

Os conflitos registrados no leste da Ucrânia, na fronteira com a Rússia, fizeram com que um grupo de políticos alemães e o presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), Wolfgang Niersbach, defendessem a mudança da sede da Copa do Mundo de 2018 para o país germânico.

“Observamos com muita preocupação o desenvolvimento político na Rússia, algo que não era previsível quando se tomou a decisão de entregar ao país a tarefa de organizar a Copa de 2018″, disse Niersbach ao diário alemão Bild.

Já Karl-Georg Wellman, especialista em política exterior do partido União Democrata Cristã (CDU), o mesmo da chanceler Angela Merkel, reforçou o discurso do presidente da federação. Ele foi além e disse que seria justo que a Alemanha, como campeã mundial, recebesse a próxima Copa do Mundo.

“Naturalmente a Alemanha seria, como campeã mundial, a alternativa adequada para celebrar a Copa do Mundo. O melhor seria realizá-la em parceria com Polônia e Ucrânia, que também possuem estádios modernos”, disse o político.

O Partido Social Democrata Alemão (SPD), que faz parte do governo Merkel, disse estar de acordo com a possibilidade de a Alemanha receber a Copa de 2018.

“A Alemanha está preparada para uma situação da Fifa decidir tirar o Mundial da Rússia”, disse a porta-voz do partido, Michaela Heite.

A escolha pela Rússia como sede da Copa do Mundo de 2018 ocorreu durante polêmico processo, o mesmo que garantiu o Catar como sede do Mundial em 2022.

No primeiro semestre, o volume de apreensões cresceu 22% no estado

De janeiro a junho deste ano, o volume dos objetos contrabandeados e apreendidos pelos órgãos de fiscalização somou R$ 138 milhões no Paraná. Isso significa que a quantidade foi 22% maior do que a registrada no mesmo período de 2013. Se o contrabando seguir no mesmo ritmo, a estimativa da Associação Brasileira de Combate à Fiscalização (ABCF) e do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO) é de que o estado deixe de arrecadar mais de R$ 700 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) até o fim do ano. Os dados foram divulgados na quarta-feira (23).

Conforme o levantamento, o estado paranaense é um dos mais prejudicados pela ação dos contrabandistas por ter extensa fronteira seca e o Lago de Itaipu, que acaba sendo utilizado pelos criminosos. Os objetos vêm, principalmente, do Paraguai sendo que cigarros, eletrônicos e veículos representam mais de 80% do total das apreensões registradas no primeiro semestre.

Entre os municípios fronteiriços, 13 são citados como os mais comprometidos pelo contrabando. Destes, seis são no Paraná: Guaíra, Marechal Cândido Rondon, Toledo, Cascavel, Medianeira e Foz do Iguaçu – que por ser cidade gêmea à Ciudad Del Este é considerada uma das principais portas de entrada de contrabando da região.